Super Bolsa SLMANDIC

A Faculdade São Leopoldo Mandic de Araras tem por finalidade desenvolver as funções de ensino, pesquisa e extensão, nas áreas do conhecimento humano, atendendo às diretrizes curriculares do Ministério da Educação e às demandas da sociedade na qual se insere. Atendendo à sua visão e missão e em consonância com seus valores, instituiu o Programa de Apoio Financeiro: Bolsas de estudo, que beneficiará jovens carentes.

A Faculdade assume o compromisso de conceder aos alunos bolsa de estudo integral, para que todos tenham acesso à formação de qualidade, independentemente de sua condição social e financeira. A Faculdade São Leopoldo Mandic Araras realizará concessão de bolsa de estudo integrais para estudantes do curso de Medicina, na proporcionalidade de 10% do número de vagas anuais (6 bolsas anuais), totalizando 36 bolsas ao final do ciclo de implantação do curso.

As bolsas de estudo integrais serão concedidas ao estudante de Medicina, observando-se os seguintes critérios:

• Bolsa de estudo integral refere-se ao valor da semestralidade ou da anuidade escolar;
• As bolsas de estudo integral serão concedidas considerando-se todos os descontos regulares e de caráter coletivo oferecidos pela instituição, inclusive aqueles dados em virtude do pagamento pontual das mensalidades;
• As bolsas de estudo Integral serão concedidas a brasileiros, cuja renda familiar mensal per capita não exceda o valor de até 1,5 (um e meio) salário-mínimo.



PLANO DE OFERTA DE BOLSAS PARA ALUNOS DO CURSO DE MEDICINA
Ano letivo 2017 2018 2019 2020 2021 2022
Bolsas Integrais61218243036


Além do plano específico de bolsas de estudo integral, os estudantes do curso de Medicina, poderão participar dos seguintes Programas de Apoio Financeiro:

• Programa de Iniciação Científica Institucional. É um recurso que viabiliza, aos universitários que estejam cursando Graduação, uma introdução sistemática à atividade de pesquisa, sob orientação constante e direta de professores qualificados, onde eles poderão desenvolver uma investigação relativa a seu campo de saber, com fundamentação teórica e metodológica, completando e diferenciando a sua formação acadêmica. Este Programa pretende contar com a concessão de Bolsas de financiamento aos alunos‐pesquisadores, com fomento de um Fundo de Pesquisa da Faculdade. A Faculdade planeja inscrever o Programa no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), por meio da qual a Faculdade São Leopoldo Mandic de Araras poderá receber uma “cota de bolsas de pesquisa” destinada aos alunos vinculados ao PIBIC (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica) e ao PIBITI (Programa Institucional de Bolsas de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação), sendo que o aluno bolsista deverá se dedicar exclusivamente ao desenvolvimento de sua pesquisa. Existe também a Iniciação Científica da Faculdade, onde o aluno deverá optar, ao submeter seu projeto, pelas modalidades dos Programas Voluntários: Programa Institucional Voluntário de Iniciação Científica (PIVIC) ou Programa Institucional Voluntário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIVITI). Nestes Programas, com exceção da bolsa, os alunos têm os mesmos benefícios e deveres que são compatíveis com os Programas com bolsa. Ressaltando, que a bolsa é apenas um auxílio, pois o relevante benefício do estudante é a aquisição de conhecimento científico.

Programa de Educação Tutorial – PET. Programa do Governo Federal, ligado à Secretaria de Ensino Superior – SESu, do Ministério da educação – MEC, de estímulo à pesquisa e extensão universitárias, no nível de graduação, desenvolvido em grupos organizados, orientados pelo princípio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, cujos objetivos principais são: a formação acadêmica ampla do aluno; a interdisciplinaridade; a atuação coletiva e o planejamento e a execução, em grupos sob tutoria, de um programa diversificado de atividades acadêmicas e a preparação para a carreira acadêmica, onde são oferecidas bolsas de estudo aos petianos e aos tutores.

Política de aproximação às agências de fomento à pesquisa, por meio da facilitação de condições de acesso dos estudantes aos recursos e programas por estas subvencionados.

Políticas de estágios supervisionados e prática profissional. Os estágios, obrigatórios ou não, são supervisionados, acompanhados e avaliados por professores, sob a coordenação dos cursos e são regulamentados pelo Conselho da Faculdade. As atividades, independentemente de sua natureza, serão desenvolvidas, preferencialmente, ao abrigo de convênios celebrados, resguardados os direitos dos alunos quanto à segurança e à integridade e impedido o desvio de objetivos e finalidades.

Política de convênios e intercâmbios com instituições nacionais e internacionais envolvendo os estudantes.

Monitoria: Tem como objetivo despertar, no aluno, o interesse de compartilhar experiências do processo de ensino aprendizagem, de formação integral e autônoma na construção do conhecimento. Para a sua efetivação, os professores apresentam projetos, regularmente aprovados pela Direção da Faculdade, coma devida justificativa da necessidade de Monitor. A Monitoria também pretende estimular no discente o interesse de continuar com os estudos após a graduação, fazendo com que ele seja protagonista de sua história e do seu grupo, interagindo para a docência superior.

A seleção dos candidatos para a concessão de bolsa de estudos integral será realizada a partir da análise da ficha de inscrição e da documentação apresentada via e-mail pelo interessado no prazo e local previsto neste regulamento. A avaliação dos documentos será realizada após classificação no Vestibular 2018. O candidato será convocado para matrícula segundo ordem de classificação, considerando-se o vestibular e os documentos comprobatórios.

Algumas observações gerais:

- A documentação será de total responsabilidade do candidato. Havendo qualquer irregularidade nos documentos apresentados e/ou ausência de algum documento, o candidato será desclassificado do processo de seleção.

- A documentação exigida neste regulamento deverá ser entregue via e-mail vestibular@slmandicararas.com.br, até o dia 6 de junho de 2018.

- Os documentos exigidos, no ato da entrega, serão comparados com os originais.

- A bolsa é pessoal e intransferível;

- Só é permitido o benefício da bolsa uma única vez;

- As bolsas serão integrais e correspondentes a 10% do total de vagas oferecidas no edital do vestibular do ano em questão.

A opção por concorrer às vagas destinadas à categoria de BOLSISTA deve ser feita no momento da inscrição no Exame Vestibular, em campo específico, e a documentação necessária deve ser enviada para o e-mail vestibular@slmandicararas.com.br.

Parágrafo Único: O candidato inscrito como bolsista poderá inscrever-se somente nesta modalidade de vestibular. A inscrição nesta categoria impossibilita a inscrição na outra, ou seja, como não bolsista. Cada categoria terá uma classificação final específica e independente dos candidatos.

O candidato deve satisfazer os seguintes requisitos, sem prejuízo do atendimento de outros requisitos previstos no Manual do Candidato ou no Plano de Oferta de Bolsas para Alunos:

• Ter optado pela modalidade bolsista no momento da inscrição no vestibular, assim como ter participado do VESTIBULAR NESTA CATEGORIA e ter sido classificado;
• Comprovar renda familiar, por documentação idônea fornecida pelos empregadores, bem como pelas declarações anuais de Imposto de Renda ou por quaisquer outras fontes, através das quais o candidato ateste não possuir renda superior a um salário mínimo e meio por membro da família ou que seja capaz de financiar os estudos sem prejuízo de seu próprio sustento ou de sua família;
• Apresentar toda a documentação que for exigida pela Comissão do Processo de Seleção dos Candidatos para Concessão de Bolsa de Estudos Integral.
O estudante a ser beneficiado será pré-selecionado pelo perfil socioeconômico, segundo questionário preenchido pelos candidatos à concessão de bolsas de estudo, observado período definido em Calendário Acadêmico.

Havendo número de estudantes, regularmente matriculados, nessas condições maior que o número de bolsas de estudo, o critério de desempate será: menor renda familiar, família mais numerosa e maior idade.

A manutenção da bolsa pelo beneficiário, observado o prazo mínimo para a conclusão do curso, dependerá do cumprimento de requisitos de desempenho acadêmico, não podendo o aluno reprovar em componente curricular do curso de Medicina;

ADVERTÊNCIA

A manutenção da bolsa de estudo integral não ocorrerá quando:

1. desempenho acadêmico abaixo da média 7,0 (sete) semestral;
2. reprovação por faltas;
3. não houver participação em atividade(s) de inserção social;
4. incorrer em penalidade disciplinar (prevista no Regimento da Faculdade) ou não observar as regras inseridas no regimento interno da Faculdade;
5. atentar contra a moral, a ética e dos bons costumes normalmente aceitos pela sociedade, tanto no ambiente familiar quanto no ambiente escolar;
6. atentar contra o bom nome da Faculdade São Leopoldo Mandic Araras;
7. incorrer ou induzir à falta de disciplina ou decoro no ambiente da Faculdade São Leopoldo Mandic Araras;
8. depois de concedida a bolsa, for verificado que forneceu informações ou documentos inverídicos, sendo, neste caso, cancelada irrevogavelmente a bolsa;
9. pedir transferência para outro estabelecimento;
10. for desligado, seja por desistência, transferência para outra instituição, jubilamento, ou abandono, assim como trancamento de matrícula por período, após avaliação da direção da Faculdade São Leopoldo Mandic de Araras.

Não será concedida Bolsa ao aluno que deixar de assinar o termo de responsabilidade pela correção dos informes e documentos fornecidos para a respectiva concessão.

Entende-se como grupo familiar, além do próprio candidato, o conjunto de pessoas que, residindo na mesma moradia do candidato cumulativamente, usufruam da renda bruta mensal familiar, e sejam relacionadas ao candidato pelos seguintes graus de parentesco: pai, mãe, filho(a), irmão (ã), cônjuge, padrasto, madrasta, enteado(a), companheiro(a), avô(ó) e, mediante decisão judicial, menores sob guarda, tutela ou curatela.

Alunos menores de 25 anos deverão apresentar os documentos dos pais, mesmo que os mesmos sejam divorciados e não contribuam diretamente com o sustento do aluno.

A veracidade das informações será verificada por comissão específica designada pela Mantenedora. Caso seja identificada alguma divergência com relação às informações prestadas, a Mantenedora reserva-se o direito de revogar ou negar a concessão do benefício e cancelar a matrícula, sem prejuízo de adotar medidas legais cabíveis.

O benefício vale para o curso no seu tempo mínimo de integralização de 12 (doze) semestres letivos. A validade da bolsa de estudos para outros períodos de tempo do curso deverá ser avaliada pela direção da SLMANDIC Araras.

• Quando assalariados:
a) Para os casos de renda fixa, 3 (três) últimos holerites;
b) Para os casos de pagamento de comissão ou hora extra, 6 (seis) últimos holerites;
c) Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), ano vigente e constando todas as folhas, acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil;
d) Carteira do Trabalho e Previdência Social (CTPS) registrada e atualizada;
e) Para empregada doméstica, Carteira do Trabalho e Previdência Social (CTPS) registrada e atualizada ou carnê do INSS com recolhimento em dia;
f) Extratos bancários dos últimos 3 (três) meses, pelo menos.

• Quando trabalhador autônomo ou profissional liberal:
a) Declaração de IRPF, ano vigente e constando todas as folhas, acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil;
b) Quaisquer declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas vinculadas ao candidato ou a membros de seu grupo familiar, quando for o caso;
c) Guias de recolhimento ao INSS com comprovante de pagamento dos últimos 6 (seis) meses, compatíveis com a renda declarada;
d) Extratos bancários dos últimos 3 (três) meses, pelo menos;
e) DECORE endereçada a SLMANDIC ARARAS informando rendimentos dos últimos 3 (três) meses, pelo menos.

• Quando aposentado/pensionista/beneficiário de auxílio doença do INSS:
* Ao que recebe pensão alimentícia anexar modelo de declaração de recebimento desta pensão (colocar link do anexo de declaração de pensão alimentícia).
a) Extrato mais recente do pagamento de benefício, obtido por meio de consulta no endereço eletrônico: neste link;
b) Extratos bancários dos últimos 3 (três) meses, quando for o caso;
c) Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), do ano vigente e constando todas as folhas, acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil.

• Quando sócios e dirigentes de empresas:
a) Holerites dos 3 (três) últimos meses de remuneração mensal, pelo menos;
b) DECORE endereçada a SLMANDIC ARARAS informando rendimentos dos últimos 3 (três) meses, pelo menos, constando a distribuição de lucros e pró-labore;
c) Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), ano vigente e constando todas as folhas, acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil;
d) Declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ), ano vigente e constando todas as folhas, acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil;
e) Quaisquer declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas vinculadas ao candidato ou a membros de seu grupo familiar, quando for o caso;
f) Extratos bancários dos últimos 3 (três) meses, pelo menos, da pessoa física e das pessoas jurídicas vinculadas.

• Rendimentos de Aluguel ou Arrendamento de bens móveis e imóveis
a) Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), ano vigente e constando todas as folhas, acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil;
b) Extratos bancários dos últimos 3 (três) meses, pelo menos;
c) Contrato de locação ou arrendamento devidamente registrado em cartório acompanhado dos três últimos comprovantes de recebimentos.

Quando Estagiário:
a) Cópia do contrato de estágio, indicando o valor recebido e o prazo do estágio.

Quando Trabalhador Informal ou Eventual:
a) Apresentar declaração informando a atividade e a renda recebida com a atividade. (declaração deverá ser preenchida conforme modelo anexo)

Atividade Rural:
a) Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), ano vigente e constando todas as páginas, acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil;
b) Declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ);
c) Quaisquer declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas vinculadas ao candidato ou a membros de seu grupo familiar, quando for o caso;
d) Extratos bancários dos últimos 3 (três) meses, pelo menos, da pessoa física e das pessoas jurídicas vinculadas;
e) Notas fiscais de vendas dos últimos 6 (seis) meses.

Observações Gerais:
1. O(a) Candidato(a) e componentes do grupo familiar que não exercem nenhuma atividade remunerada deverão preencher declaração conforme modelo anexo ;
2. O(a) Candidato(a) e componentes do grupo familiar que estiverem na condição de desempregado(a) apresentar Carteira do Trabalho e Previdência Social (CTPS) com as páginas que comprovem esta condição;
3. Empresas Inativas deverão ser apresentadas Declaração de imposto de Renda Pessoas Jurídica de Inatividade e Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física, ano vigente e constando todas as folhas, acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil.

Aos componentes do grupo familiar e ao candidato que tiverem CNPJ agregado ao CPF enviar Contrato Social e as alterações que existirem.
Para comprovar união estável deverá ser preenchida a declaração segundo modelo em anexo.

QUESTIONÁRIO SÓCIO-ECONÔMICO
O candidato deverá preencher o questionário socio-econômico conforme modelo anexo.

Se você se encaixa no perfil, não perca tempo.